Entenda por que o Bolsa Família é muito mais do que um programa social

Desde a sua formação o bolsa família é responsável por auxiliar na renda de milhões de brasileiros que vivem em condições de pobreza e que não possuem uma renda fixa para o sustento de sua família e que antes desse benefício passavam extrema necessidade e não possuíam nem condições de se alimentar.

O que é o Bolsa Família?

O Bolsa Família consiste em um programa de transferência direta de renda que é direcionado exclusivamente para famílias que vivem em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o país, e que com o benefício, conseguem superar a situação de vulnerabilidade e pobreza que se encontram.

O programa busca garantir a essas famílias o direito a educação, alimentação e saúde. Em todo o território brasileiro são atendidas mais de 13,9 milhões de famílias que todos os meses recebem a transferência do valor atribuído e assim conseguem se manter em meio a todas as dificuldades enfrentadas.

Os principais objetivos desse programa segundo a Caixa Econômica Federal são:

  • Combater a fome e promover a segurança alimentar e nutricional;
  • Combater a pobreza e outras formas de privação das famílias;
  • Promover acesso à rede de serviços públicos, em especial, saúde, educação, segurança alimentar e assistência social.

Benefícios do bolsa família

Muitos são os tipos de benefícios, mas os que se enquadram como principais são:

Benefício básico: Esse benefício é concedido as famílias em situação de extrema pobreza com renda mensal de R$89,00 por pessoa e que assim recebem o auxílio do programa com o valor de R$89,00 mensais.

Benefício variável: Nesse caso é necessário que dentro da composição da família que se encontram em situação de pobreza ou extrema pobreza tenham gestantes, mães que estão amamentando e crianças ou adolescentes de 0 a 15 anos de idade. O valor de cada benefício é de R$41,00 por mês e cada família pode acumular ate 5 benefícios, chegando ao valor de R$205,00.

Muito mais que um programa social

O Bolsa Família surgiu como muito mais que um programa social, ele surgiu como uma luz para milhões de famílias que se encontravam perdidas em situações de miséria onde não sabiam se iriam ter dinheiro para alimentar seus filhos e nem se conseguiriam manter um teto em suas cabeças. O programa surgiu como um suspiro de esperança e como responsável por tirar muitas famílias de situações de extrema pobreza que graças ao benefício conseguiram forças e incentivo para melhorarem de vida e conquistarem seus objetivos.

O Bolsa Família foi e continua sendo algo essencial na vida de muitas famílias e seus beneficiários só têm a agradecer pela existência e permanência do programa, para muitos R$89,00 reais pode ser nada, mas para 13,9 milhões de brasileiros é uma grande coisa.